Neste artigo mostrarei a minha viagem sobre como criar um site de Nicho em 2017. Mostrarei todos os passos que estou a seguir para a sua criação e posicionamento. Após este mês, terei de esperar para ver se funciona ou não.

Há algum tempo que não publico no meu site, mas acho que chegou o momento. Não irei publicar mais guias básicas, já que o resultado não é positivo: poucas visitas e interações. É por isso que quero seguir com outra abordagem, fazendo algo mais pratico e que de certeza pode ser útil para muitos de vocês.

Nesta aventura ou laboratório, o que vou fazer é mostrar cada passo que realizo para criar um site de nicho, com o qual posso ganhar dinheiro através de publicidade ou afiliados. Vou mostrar a organização que tenho em mente agora mesmo, e os passos que vou seguir. Contudo, lembrem-se que tudo pode mudar. Mas vou atualizar este artigo todas as semanas.

Pauta para criar um Site de Nicho

  1. Encontrar diferentes nichos com mais de 10.000 procuras online:
    • Analizar o domínio – TLD disponível ou não;
    • Analizar a concorrência;
    • Pensar numa possível estratégia de Link Building para que se possa posicionar.
  2. Criação dos artigos:
    • Quantos artigos vou precisar para cada nicho;
    • Criação e preparação dos artigos por semanas – programação dos tempos;
    • Otimizar os artigos com as palavras chave – SEO On Page.
  3. Redes sociais:
    • Procurar e entrar nos grupos relacionados com o nicho em Google Plus e Facebook;
    • Criar redes sociais para o site;
    • Criar uma rede de partilha automática no IFTTT.
  4. Criação da web:
    • Conseguir o Logo e o Tema;
    • Criar a página de Termos e condições e dos Cookies;
    • Instalação e configuração dos Plugins;
    • Configuração do Analytics.
  5. Publicação e lançamento do site nicho:
    • Programação de todos os artigos, totalmente otimizados.
    • Conseguir trafico e senhais sociais de todas as redes sociais importantes cada vez que se publique um artigo.
  6. Esperar a que o site se posicione no Google:
    • Ir fazendo Link Building com diferentes estratégias.
    • Começar a entrar em contacto com possíveis parceiros para fazer Guest Blogging;
    • Pensar no futuro e na possibilidade de automatizar o processo com editores externos.

NOTA: existem algumas coisas que não estou de acordo, mas que quero experimentar. Como por exemplo, preparar os artigos antes de criar o site. Mas existem outras, como o de conseguir trafico quando lanço um artigo. Tudo isto será explicado no seu momento, mas se tiverem muitas dúvidas ou criticas sobre este processo, podem deixar um comentário que eu responderei.


#1 Encontrar o nicho

O primeiro passo para criar o site de nicho é encontrar o tema adequado a abordar. Em relação a isto, não gosto de abordar temas que não entendo. Contudo, isso não quer dizer que não possa aprender sobre uma determinada temática. Refiro-me mais aos temas mais técnicos, por exemplo, de impressoras 3D. Porque outros, que sejam relativamente fáceis, com um pouco de investigação é possível criar os artigos e o site.

Para encontrar o nicho é preciso uma app que nos indique o número de pesquisas mensais de determinado nicho – gratuito ou premium. A app gratuita que aconselho é a Keywoord Planer de Adwords.  A premium que aconselho, e que vou utilizar para isto é ahrefs.

Gosto mais da segunda porque me dá mais dados sobre a concorrência e outros possíveis nichos paralelos. Contudo, é possível encontrar um nicho com Google Adwords.

Não vou explicar como cada ferramenta, já que são relativamente fácil de utilizar. Por isso vou passar a ação.

Para encontrar o meu nicho abri o ahrefs e comecei a procurar por termos que englobassem diferentes nichos. Por exemplo: “o melhor”; “como fazer”; “alternativas”, etc. Palavras que por si só não representam nenhum nicho, mas que são associadas sempre com uma procura realizada no Google.

Depois comecei a ver aquelas que tinham pouca concorrência. No ahrefs podem ver a Keyword Difficulty ao lado de cada termo, o que é excelente. Mas também podem segmentar este dato. Como exemplo, vou procurar: “como fazer” em Portugal:

ahrefs como fazer

Quando já comecei a ter uma ideia de um possível nicho, vi a concorrência:

ahrefs encontrando nichos vendo serps

Após isto, vi se a concorrência era forte. Não só tendo em conta a sua autoridade, mas também os Backlinks e a construção do site. Neste caso de exemplo, em Como fazer Panquecas, a verdade é que a concorrência não é muita, e é possível superar todos esses sem nenhum problema – já têm uma ideia de nicho

Após a analise e escolha de um possível nicho, pensei na possibilidade de utilizar a palavra chave na URL do domínio. Fui ao GoDaddy, mas o domínio não estava livre. Como era um nicho com duas palavras, criei um domínio original com uma das palavras mais importantes do nicho.

Utiliza, sempre que possível, a palavra chave no domínio

No momento em que estou a escrever este artigo, já encontrei o meu nicho. Segmentei a procura para Espanha, e acabei no Brasil com um nicho que tem diferentes palavras chave que poderei posicionar. Não vos posso dizer qual é o nicho, mas o procedimento é o mesmo que vos disse. Apenas utilizem um pouco a imaginação, vejam noticias, leiam alguma coisa recente, vejam o Facebook, etc. As ideias vão começar a fluir.

Encontrar o nicho pode demorar bastante: entre 1 hora (muita sorte) a 1 semana. No meu caso em particular foi umas 5 horas. Estava a procura de algo em espanhol, mas depois ao ver diferentes palavras chave, cada uma foi-me levando a que escolhi.

Após encontrar o nicho, é importante ir tendo uma ideia de como vamos monetizar o site e quais são as páginas que queremos posicionar. Vejamos o exemplo que vimos anteriormente.

ahrefs como fazer

Se escolherem o domino: como-fazer.com (que por acaso está livre), podem ir pensando em possíveis artigos para posicionar. É certo que o domínio que escolhi para o exemplo pode servir para posicionar outros nichos, e não só o de cozinha, mas suponhamos que foi esse o que escolheram.

Podem pensar num artigo sobre Como fazer panquecas e ir procurando diferentes palavras chaves para integrar nesse artigo. Além disso, na estrutura do artigo e naquilo que podem integrar no artigo que faça que o vosso artigo seja melhor do que aquele que já lá está. Se fizerem o mesmo, nem vale a pena.

Bem, en fim, acho que já expliquei bastante. Mas para acabar, algumas dicas:

DICAS
  1. Podem conseguir o ahrefs gratuitamente durante um mês. Existem vários sites que dão este tipo de cupões, pelo que uma rápida procura no Google e está feito.
  2. Procurem bastantes nichos e não apenas um.
  3. Pensem se vale a pena criar um nicho, ou um micronicho. Se estiverem a começar, o melhor será um micronicho, já que é mais rápido de fazer e não pede tantos recursos. Mas se pensarem em algo mais complexo e dinâmico, um nicho normal com diferentes micronichos integrados também é uma boa decisão, sempre e quando seja isso, um nicho.
  4. Sempre que possível, integra a palavra chave na URL. Mesmo que seja um pouco, ajuda no SEO.
  5. Cria uma visão geral do teu nicho antes de comprar o domínio e começar a escrever artigos.

 

#2 Escrever os artigos

Agora que já sei sobre o que vou escrever, chegou o momento de pensar nos diferentes artigos e começar a escrever.

Pode parecer um pouco estúpido preparar os artigos antes de montar o site, mas montar um site hoje em dia não custa nada. Comprar o host, criar o wordpress e adicionar os DNS. Em menos de 1 hora, é possível criar o site com todos os plugins que preciso.

É por isso que quero começar com o mais complicado, que é o conteúdo do site. Ao escrever os artigos e a otimizarlos, posso ir pensando no que vou precisar de plugins e também no design que quero para poder tirar o maior proveito.

Ao mesmo tempo que faço os artigos, também irei vendo os concorrentes, já que vou analizando e comparando o meu conteúdo com o deles. Assim vou “roubando” ideias que depois posso implementar ou melhorar.

Durante esta semana vou começar a escrever os artigos, os quais não são nada pequenos. Não sei se isto pode demorar entre 1 ou 2 semanas, mas a semana que vem vou atualizar o artigo de todas formas.

————————– 31/05/2017 ————————–

Já passaram duas semanas desde que comecei a escrever os artigos, e até agora só pude fazer 4 artigos, que não têm o tamanho que quero. Mas mesmo assim, foram suficientes para entender e conhecer os meus competidores e saber como posso criar conteúdo mais relevante e que posicione.

Antes de começar a fazer os artigos procuro sempre as palavras chaves que quero posicionar nesse artigo. Normalmente sempre existe uma que tem o maior número de procuras, mas depois existem outras “Long Tail” que também trazem algumas visitas e ajudam a posicionar o artigo.

Para encontrar estas palavras chave utilizo ahrefs. Depois disso, tenho sempre em conta essas palavras chave ao escrever o artigo, criando subtítulos que as incorporem, assim como frases que nas quais não fiquem mal. Sempre de uma forma natural e nunca forçada.

Os artigos que tenho escrito têm um tamanho entre 1500 e 2500 palavras – aumentei o número de palavras, e alguns artigos superam as 3500 palavras. Para o nicho que se integram, é mais do que suficiente, mas ao começo quero ter tudo bem preparado, e a medida que o tempo for passando, ir melhorando os artigos (todos os meses), para que o Google possa ir vendo como o site é atualizado.

Ao escrever os artigos também estou a reparar que as pessoas se calhar queiram outro tipo de conteúdo para além do escrito. Fazer vídeos seria o melhor, mas não tenho muito tempo, assim que estou a pensar em fazer infografias (excelentes sempre para partilhar em outros blogues e conseguir links), mas também tabelas e guias que possam seguir.

#3 Criar o site

Criar o site é um procedimento muito fácil. Se não souberes como fazer um, podes ver este artigo sobre como criar um site. Basta escolher o hosting, instalar o WordPress e escolher o tema. Contudo, quero falar de alguns detalhes que são importantes e que muitas vezes só pensamos neles quando o site já está feito.

O primeiro que deves fazer é criar o logo. Pensa num logo simples, tanto para o site, como para as redes sociais. Acredita, se fizeres isto logo no inicio, perderás menos tempo. Ao fazer o logo, pensarás também nas cores que queres implementar no site, nos textos, nas redes sociais, nas imagens, etc. Uma forma fácil de fazer um logo é instalando alguma fonte bonita e escrever o nome do site. Se quiseres algo mais artístico, podes fazê-lo, ou contratar a um freelancer em fiverr.com.

Comprar logo no fiverr

Instala o certificado SSL. Hoje em dia a maioria dos host dão, gratuitamente, o certificado SSL através de SSL Let’s Encrypt. Instalar um certificado SSL não só transforma o teu site num sitio mais seguro, mas também te ajuda a posicionar, já que o Google o tem em conta. No meu caso, instalo sempre o certificado ao criar o site, já que assim não tenho que estar a mudar muitas coisas.

Além do certificado, é importante que, ao escrever os artigos, vás pensando nos plugins que precisas. Por exemplo, no meu nicho, vou precisar de um widget para que se possam subscrever, um popup que lhes informe sobre o conteúdo que podem transferir, mas também outros plugins para melhorar a velocidade do site e dos post, já que não são pequenos.

Após a instalação dos plugins e do certificado, chega a hora de começar a publicar os artigos. Os artigos podem ser publicados como artigos, ou como páginas. O primeiro é mais recomendado quando vais fazer um multinicho. O segundo é mais para nichos pequenos, orientados a uma única temática, com um número limitado de post.

Como o meu nicho é uma coisa pequena, decidi publicá-los como páginas. Além disso, a minha homepage é básicamente um artigo, na qual dou a bem-vinda ao leitor, e depois vou deixando um link para todos os restantes artigos. Num nicho é importante que as categorias ou as páginas mais importantes tenham um link desde a Homepage, já que costuma ser a que recebe mais Link Juice do Link Building.

Não te esqueças de publicar também outras páginas importantes, como a página de Cookies (e instalar o plugin), a de contacto, de informação do autor e de condições de uso/privacidade. Se não sabes o que escrever, procura um site conhecido e copia o que eles tenham. Não é preciso dizer que as deves ler e adaptar ao teu site. Podes deixar um link para cada página destas no footer.

DICAS
  1. Vê os outros nichos que existam como o teu. Se não existir nenhum, porreiro, mas duvido muito que assim seja. Vê como são os seus sites, e tenta melhorar o teu sempre. Se queres estar no primeiro lugar, deves dar algo diferente.
  2. A medida que fores publicando os artigos, vai pensando em coisas que podes melhorar com o tempo. Por exemplo, adicionar o áudio do artigo, dar conteúdo que possam transferir, etc.
  3. Não te esqueças de registar o site no Google Webmaster, mas também no Analytics.
  4. Não coloques blocos de anuncios de Adsense ou outros serviços logo ao inicio. Se ainda não recebes visitas, não vale a pena… ainda.

Se gostaste, partilha!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrBuffer this page