O Inbound Marketing é uma das mais recentes tendências do Marketing Online. Antes, a forma de contactar com o cliente era através de uma agressiva publicidade, com anúncios, banners, email-marketing, etc… Tudo o que se relacionasse com a publicidade e o spam.

O que o Inbound Marketing implica é totalmente o contrário. Já não é o criador do conteúdo ou o empresário que impõe ao leitor o seu produto. Agora o leitor tem um papel ativo na procura do melhor resultado para si e para o que procura. O cliente vai realizar isto através do Google, redes sociais, e outros meios de búsquedas.

O que é?

Imagine que precisa de contratar um desenhador gráfico para fazer a landing page do seu site. Procura e procura pela Internet, até que encontra um site que é simples, atrativo, e tem um bom preço. Analisa o site, vê o seu blog, vê as criticas, as redes sociais e decide contratar um serviço graças ao que encontrou. O serviço é tão bom que o recomenda a todos os seus amigos.

De alguma forma este tipo de marketing, ao contrário do Outbound Marketing, consiste em que o cliente o encontre a si, e não o contrário.

Normalmente os bons restaurantes funcionam da mesma forma… Não?

É um procedimento lento e seguro. Contudo, ao contrário de outros procedimentos, é o cliente que toma a iniciativa, pelo que desde o principio já estamos a ganhar de alguma forma. Se lhe dermos um bom serviço ele voltará e falará bem de nós a todos os que encontrar.

Como funciona o Inbound Marketing?

Funciona através de diferentes níveis:

Descobrimento

O cliente encontra conteúdo através do Google ou das redes sociais. Este conteúdo pode ser informativo ou educativo. O que interessa é que o resultado seja positivo e capaz de o fazer procurar mais dentro do site. Dai que ter um blog é sempre uma excelente ideia, já que além de permitir partilhar o seu conteúdo nas redes sociais, permite demonstrar aquilo de que somos capazes.

Consideração

Neste momento o cliente tira as suas conclusões acerca do que vê e é quando decide se continua, se compra ou se adere ao que lhe propõe: continuar a ler o nosso blog, comprar algum produto, transferir algum ficheiro, etc. É importante manter a qualidade do nosso serviço, para desta forma conseguir a confiança do cliente. Se o conseguir fará que chegue ao momento decisivo.

Difusão

Neste momento conseguimos a confiança do cliente. É possível que volte a ler o nosso blog ou que compre de novo o nosso produto. É o momento de o convencer a fazer isso dando-lhe um excelente serviço. Se o conseguirmos poderemos ter um promotor. Ele não será apenas um cliente, mas sim alguém que falará bem de nós. Assim aumenta a sua reputação.

Existem outros Communitiy Managers que incorporam mais passos ao processo de Inbound Marketing. Contudo, para mim, estes três resumem claramente o que sucede no Inbound Marketing.

Como implementar Inbound Marketing

Existem diferentes formas de por em prática está técnica, mas não são nada simples e necessitam de planificação e muito trabalho. Eis alguns exemplos:

  • Criar um calendário para a publicação de conteúdo;
  • Criar um calendário de difusão dos conteúdos através das redes sociais;
  • Criar os nossos buyers para as nossas estratégias de Inbound Marketing;
  • Criar conteúdo para os buyers que criamos;
  • Realizar uma análise dos resultados com possíveis melhorias.

Ao longo do tempo irei desenvolver cada uma destas formas de implementação e melhoria do IM.

Vale a pena?

Se ainda tem dúvidas estas são algumas das vantagens que pode conseguir no seu site:

  • Aumentar o número de visitas orgânicas;
  • Aumentar a conversão de leads, isto é, de possíveis clientes;
  • Melhorar a sua reputação online;
  • Conseguir um melhor posicionamento graças aos bons comentários e às visitas criadas;
  • Aumentar o número de seguidores das suas redes sociais.

Ainda tem dúvidas? Não expliquei nada que não veja todos os dias em negócios de qualidade como são alguns bares ou restaurantes. Contudo, as vezes as coisas mais óbvias são as mais difíceis de entender.

Espero que tenha gostado deste artigo, e já sabe que se tiver algum comentário sobre o Inbound Marketing estarei encantado de o ouvir.

Dancing

Se gostaste, partilha!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrBuffer this page