O tempo de carregamento dum site é um factor importante que influencia claramente o número de visitas e o posicionamento SEO. Qualquer pessoa que veja um site demorar mais de 10 segundos (ou menos) sai e procura outro. Além disso, Google preocupa-se cada vez mais pela experiência do utilizador e é por isso que a velocidade é uma métrica que tem vindo a ganhar mais importância.

website-optimizationComo medir a velocidade de carregamento dum site

Existem vários métodos, mas apenas vou referir os mais importantes e mais fiáveis.

Formas de medição

Existem alguns sites que são excelentes referencias no sector e que pela sua popularidade devem ser as primeiras a ser utilizadas neste tipo de medições. Sendo assim, primeiro apresento as formas de medição mais importantes, e depois as alternativas de confiança que também se podem utilizar.

PageSpeed Insights do Google:

É uma ferramenta de Google que analisa o conteúdo do site e dá sugestões de como melhorar a sua velocidade. É simples e fácil de utilizar.
PageSpeed Insights do Google

GTMetrix: 

Este site utiliza as ferramentas de Yahoo! e de Google PageSpeed para recolher dados e fazer o seu resumo. A informação que nos dá é imensa e detalhada. Utiliza diferentes cores para que possamos ver melhor os erros e as características de cada petição.
GTMetrix domingogomes

Pingdom Tool:

Muito parecida a anterior mas com um desenho mais amigável. Mostra informações sobre códigos de resposta do servidor, o tipo de conteúdo e outras informações chaves como o tempo de carregamento de cada elemento, o tamanho da página e o número de petições.
pingdom tool domingogomes

WebPageTest:

É um projeto de código aberto que tem a ajuda do Google, o que nos garante ainda mais a fiabilidade da informação dada. Tal como os anteriores dá informação detalhada sobre a velocidade do carregamento do site e a razão de tanta demora.

Outros sites:


Nota: Não realize as analises unicamente à página principal. Faça-o também aos seus artigos, ou outras páginas.

Guarde todas as informações que considerar mais relevantes num Excel. Desta forma as pode comparar após realizar as melhorias.

Com os dados que conseguir adquirir poderá melhorar a velocidade do seu site muito mais rapidamente.

Velocidade site

Como melhorar a velocidade dum site

Chegamos à parte mais importante mas também a mais difícil do artigo. Existem imensos factores que podem relantizar um site, tal como o alojamento, o tema utilizado em WordPress, os plugins instalados, as imagens não otimizadas, entre outras razões. Sendo assim, farei um breve resumo dos possíveis problemas e das suas soluções.

Alojamento ou host

Existem sites que dão alojamentos gratuitos mas são sinónimos de maus serviços. Se quer experimentar, faça-o, mas não espere bons resultados, principalmente na velocidade de carregamento.

As melhores opções nunca são grátis, nem baratas. Contudo, se está a começar não precisa de nada demasiado caro, e com um orçamento de 50 a 70 euros por ano consegue um bom serviço. A minha recomendação: GoDaddy ou Hostgator.

Na hora de escolher um host veja as opiniões de outras pessoas pela internet, e tenha em conta que existem muitos aspectos que podem não interessar no momento da compra, mas que depois podem dar jeito, como é o caso do suporte.

O tema de WordPress

Se tem um blog é possível que esteja a utilizar WordPress. E se tiver um site também. É uma plataforma inteligente e que se adapta ao SEO na perfeição. Contudo, também permite a incorporação de temas que alteram completamente o desenho da web, e nalguns casos a velocidade.

Existem muitos temas mal otimizados e que tornam lenta o carregamento da web. A solução para este caso depende do orçamento que tiver:

  • Utilizar temas gratuitos bem otimizados;
  • Utilizar temas premium com um bom feedback e uma excelente otimização. Pode encontrar temas assim em themeforest.

Use um CDN

Um CDN é um conjunto de servidores localizados em diferentes partes do mundo que guardam uma cópia dalguns conteúdos do site. Quando alguém acede à ao seu site, enviam-se os dados desde o servidor mais próximo à sua localização. Assim, o site consegue carregar mais rapidamente sem sobre-carregar o servidor onde se localiza o site..

Se quer experimentar um CDN aconselho o CloudFlare. Simples e gratuito.

web-developmentPlugins de WordPress

Os plugins de WordPress podem ajudar a que o seu site ou blog ganhem velocidade e consigam melhores resultados. Eis alguns dos plugins que recomendo instalar.

Lazy Loading

Se o seu site tem muitas imagens, com Lazy Loading o seu site carregará muito mais rapidamente. Está técnica consiste em que a imagem apenas carregue quando o utilizador fizer scroll sobre ela e não no momento de carregar a página. É bastante simples de utilizar e de instalar. Experimente: Image Lazy Load.

WP Smush

Este plugin é um dos mais utilizados para reduzir o tamanho das imagens que subimos a WordPress. Através deste plugin é possível comprimir ainda mais as imagens, o que permite poupar espaço no servidor e aumentar a velocidade de carregamento do site. A sua instalação também é simples. Experimente: WP Smush

W3C

Este plugin é um dos mais importantes e que deve instalar agora mesmo no seu site com WordPress. A razão pela qual é tão importante é porque permite:

  • Comprimir HTML, CSS e Javascript;
  • Combinar vários ficheiros CSS e JS
  • Ativar a compresão GZip.

Pode realizar todas estas tarefas manualmente através de código, mas com este plugin é tudo muito mais fácil. Experimente: W3 Total Cache.

WP Optimize

Com este plugin é possível otimizar a base de dados apagando dados que a podem tornar mais lenta. Contudo, faça uma cópia de segurança antes de fazer uma limpeza com este plugin. É melhor estar prevenido. Experimente:  WP Optimize

WP Deferred JavaScripts

Com este plugin poderá carregar e executar o Javascript no final da visualização da página. Isto é importante porque desta forma o texto e as imagens serão as primeiras a ser carregadas, o que permite ao utilizador ver rapidamente o site. Caso contrário, caso demore bastante, as pessoas podem-se cansar e ir embora.

Apensa o precisa de instalar e já está. Faz o trabalho por si. Experimente: WP Deferred JavaScripts.


 

Espero que tenha gostado destas dicas e que se as incorpora no seu site funcionem como devem de ser. Se tiver alguma dica que queira partilhar connosco não hesite em deixar um comentário.

E só mais uma coisa: se o seu site for lento não desespere. Tudo tem solução 😀

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (4 votes, average: 5,00 out of 5)

Loading...

Se gostaste, partilha!Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on TumblrBuffer this page